Feira de Arte e Cultura de Luziânia

I Feira de Arte e Cultura de Luziânia

Mais sobre o projeto 
A Feira de Arte e Cultura de Luziânia tem como proposta ser evento propulsor, da arte e cultura proporcionando o acesso de jovens, crianças e adultos em um espaço de interação com artistas da própria comunidade. O objetivo e reunir o maior numero de artistas e brincantes da música, poesia, literatura de cordel, danças, teatro e outras manifestações da cultura popular.

Articulação

O Ponto de Cultura Tríade tem contribuído na articulação e realização de projetos e ações na comunidade, escolas, centros culturais e outros espaços não formais visando contribuir na formação e desenvolvimento humano de crianças, jovens e adultos.

PROGRAMAÇÃO

14h00min – Abertura
14h10min – Studio de Dança Maria Carvalho
14h30min – Academia Movidance – Dança de Salão
14h45min – Peça Teatral História de Luziânia – Tríade Cultural – 5º C Ano – Vespertino
15h00min – Dança da Peneira – 1º Ano Vespertino
15h15min – Dança Carimbo – 2ª Ano Matutino
15h30min – Dança da Saia – 2ª Ano Vespertino
15h45min – Dança de Salão – 4ª Ano Mat/Vesp.
16h15min – Catira – 5ª Ano – A/B Matutino
16h30min – Peça Teatral Literatura de Cordel – Tríade Cultural – 5º C Ano Vespertino
16h40min – Literatura de Cordel – Poeta Popular Jucivaldo Dias
17h00min – História do Grafite – Grafiteiro Ramon Phamton

Servico:

I Feira de Arte e Cultura de Luziânia

Local de Realização: Escola Municipal Francisc Vieira Lins

Endereço: Rua 22 Qd. 269 área Especial – Parque Estrela D’alva – IV – Luziânia – Go.

Data de realização: 16 novembro de 2018

Horário: 14 às 18horas

Entrada: Franca
Classificação: Livre
Site: www.triadecultural.com.br
Informações: 61 9.9639 1863

Leia mais

Peça Teatral o Povo por um e um pelo povo

O Povo por um e um pelo povo, é  Uma bela história encenada pelos alunos do curso intensivo de Teatro da Tríade Cultural, ministrado por Rafael Dielson que durante 120 dias trabalhou intensamente com o grupo. A peça é o resultado do aprendizado dos cursistas que irão apresentar a peça para comunidade.

  • Servico:
  • Evento: Peça Teatral o Povo por um e um pelo povo
  • Data: 01 de Dezembro de 2018.
  • Horas: 20 h
  • Ingresso: Gratuito
  • Censura: Livre
  • Local: Centro de Cultura e Convenções

Show de Victor Batista – Viola Caipira

Serviço:

Evento: Show Victor Batista – Viola Caipira

lançamento CD – Coração Caminhador

Data: 17 de novembro de 2018

Hora: 20h 

Local: Centro de Cultura e Convenções 

Censura: Livre

Informações/ingressos:

Watzapp: 61 – 9 96391863

*Primeiro lote 100 ingressos R$ 15,00 meia entrada

Realização: JA – Produções Culturais e Artísticas

Apoio Cultural

Prefeitura de Luziânia

Secretaria de Cultura e Juventude

Ponto de Cultura Tríade

Release Coracao Caminhador SOLO

 

XVIII – FESTA NORDESTINA DE LUZIÂNIA

Cultura em movimento

Nos dias 14, 15 e 16 de setembro aconteceu a tradicional festa nordestina de Luziânia, promovida pela Associação CTN – Centro de Tradições Nordestinas, o grupo surgiu em 2000 com apoio e incentivo do Pe. Josinaldo que mais uma vez se deslocou de sua paroquia para participar da abertura das festividades. O CTN é uma instituição cultural que também presta relevantes trabalho a comunidade, ofertando e promovendo cursos de capacitação profissional a jovens e adultos. A presidente de honra Maria de Lourdes disse “Somos umas instituição que acolhe as famílias sejam nordestinos ou não, aqui somos uma grande família”. Na mesma linha de raciocínio a Presidente Fatinha reforça que o CTN visa difundir e fomentar a cultura do povo nordestino, no que tange a gastronomia, o artesanato,  as manifestações culturais como literatura de cordel, danças de quadrilhas juninas, e o forró pé de serra não pode faltar, pois, nosso papel é entreter nosso povo”.

A festa mais uma vez foi um sucesso com boa participação da comunidade nordestina, se apresentaram no evento grupos e trios de forró como Sabrina Vaz – Vocal, Marcos Farias Acordeom, Bibi – Zabumba – Pé de Serra sem Fronteira que fez o povo se levantar e dançar o velho forró no salão. Já o Grupo de Quadrilha Junina Família Busca Pé animou o público com suas coreografias sincronizadas de forma esplêndida, da mesma forma a Academia Movidance  demonstrou mais uma vez que sua participação é fundamental para animar a festa.

 

O Ponto de Cultura Tríade participou da abertura do evento com a peça teatral a ultima prosa do cangaço, que foi dirigida por Rafael Dielson e demais membros do grupo de teatro da Tríade Cultural.  Deste modo avaliamos como um evento importante para a cidade e região, pois, visa a difusão e fomento da cultura local, outro ponto relevante é a participação dos empresários e pessoas voluntários que todos os anos se juntam com o proposito de garantir um evento de qualidade para o município.

Por João Almir

Assessoria de Comunicação

 

Peça Teatral Movimenta Jovens de Luziânia

A história de Rafael foi um sucesso!

A Peça Teatral a História de Rafael apresentada em duas sessões gratuitas atraiu vários jovens de Luziânia no Centro de Cultura e Convenções no último dia 24 de agosto de acordo com João Almir do Ponto de Cultura Tríade um dos organizadores do evento informa que atingiu a capacidade máxima do teatro que é 500 pessoas por sessão havendo necessidade de colocar cadeiras extras. Nesta perspectiva o Ricardo Robson Professor do Senai e autor da peça reafirma que “foi uma parceria que deu certo, a Tríade Cultural e a Secretaria de Cultura e Juventude são parceiras. Pois, retomar esse trabalho com os jovens uma vez que já havíamos desenvolvido o projeto na cidade de Anápolis, para mim é motivo de muita alegria, e a peça a história de Rafael retrata exatamente essas questões de vulnerabilidade e faltas de oportunidades, a partir dai se submetem a transitar a caminhos tortuosos como o da prostituição, drogas, e outras mazelas que a sociedade impõem. Portanto acredito que trabalhar com jovens é usar as ferramentas adequadas para atingir objetivos, não somente os conteúdos programático e sim aplicar temas transversais, onde podemos inseri-lo a ponto de serem protagonistas de sua própria historia”.

Depoimentos 

A cidade de Luziânia de fato sofre com carência de atrações culturais, a juventude não tem muita oportunidades de acessar, pois Brasília se localiza a mais de 50 km e nossos pais não possuem tempo e dinheiro para nos levar afirma a jovem Luiza, que aproveita para parabenizar os organizadores do evento e reforça que aconteça mais iniciativas para inseri os jovens.

Deste modo, concluímos que são ações nesta perspectiva que inclui  a juventude, faz pensar a ponto de despertar o interesse em seguir caminhos menos difíceis de percorrer, carece de fato que os seguimentos juvenis passe a ter um olhar diferenciado, e que se construam políticas públicas capazes de proporcionar aos jovens acesso a cultura, emprego e educação de qualidade.

Por João Almir

Diretor

 

X – Arraiá do Tio João

X – Arraiá do Tio João

FESTAS JUNINAS 2018

No último final de semana da que compreende 30 de junho e 01 de julho a cidade de Luziânia recebeu várias festas juninas, nas escolas, nas ruas e em espaços culturais como é o caso do Arraiá do Tio João que já é realizada há 10 anos no bairro Parque Estrela D’alva – 0 em Luziânia. O evento promovido pelo Ponto de Cultura Tríade é um dos mais completos na atualidade em Luziânia, pois, segue rigorosamente os elementos tradicionais dos festejos juninos que realizados no nordeste brasileiro. Os festejos juninos envolvem a religiosidade em homenagens aos santos padroeiros, Santo Antônio, 13 de junho, São João, 24 de junho e São Pedro e São Paulo, 28 de junho, as influências trazidas pelos portugueses proporciona animação e entretenimento aos povos. Segundo João Almir – Produtor Cultural diz “Os festejos juninos é a própria identidade do povo nordestino, pois, vivenciar as tradições faz com que mantenha viva a memória aos povos, no Arraiá do Tio João procuramos trazer elementos fundamentais como: Decoração, trios de forró, frevo, grupos de quadrilhas, Literatura de Cordel, forró pé de serra, fogueira, dança de salão, comidas típicas, brincadeiras. Nessa perspectiva a cultura popular se fortalece garantindo as manifestações e o patrimônio imaterial”.

O evento contou com várias apresentações locais e regionais, grupo de dança Pellinsky do distrito federal que trouxeram o frevo e dança cigana, Estúdio de Dança Maria Carvalho, Grupos de quadrilhas Mandacaru e Família Busca Pé, Literatura de Cordel com o Poeta Popular J. Dias, de São Raimundo Nonato – PI, trio de forró Os Limas do Forró, dança de Salão, Academia Movidançe. No domingo 01 de julho ficou por conta do Clube de Veículos Antigos de Luziânia que trouxeram diversos carros antigos, foods trucks e shows de rock com as Bandas SER e Old Rock, foi uma oportunidade única para a comunidade ter acesso à cultura.
O projeto cresce a cada ano tem como objetivo proporcionar à comunidade o conhecimento popular repassado através da oralidade presentes nas manifestações folclóricas, músicas, danças, crenças, literatura de cordel e comidas típicas dos festejos juninos.

Por João Almir – Produtor Cultural