Peça Teatral Movimenta Jovens de Luziânia

A história de Rafael foi um sucesso!

A Peça Teatral a História de Rafael apresentada em duas sessões gratuitas atraiu vários jovens de Luziânia no Centro de Cultura e Convenções no último dia 24 de agosto de acordo com João Almir do Ponto de Cultura Tríade um dos organizadores do evento informa que atingiu a capacidade máxima do teatro que é 500 pessoas por sessão havendo necessidade de colocar cadeiras extras. Nesta perspectiva o Ricardo Robson Professor do Senai e autor da peça reafirma que “foi uma parceria que deu certo, a Tríade Cultural e a Secretaria de Cultura e Juventude são parceiras. Pois, retomar esse trabalho com os jovens uma vez que já havíamos desenvolvido o projeto na cidade de Anápolis, para mim é motivo de muita alegria, e a peça a história de Rafael retrata exatamente essas questões de vulnerabilidade e faltas de oportunidades, a partir dai se submetem a transitar a caminhos tortuosos como o da prostituição, drogas, e outras mazelas que a sociedade impõem. Portanto acredito que trabalhar com jovens é usar as ferramentas adequadas para atingir objetivos, não somente os conteúdos programático e sim aplicar temas transversais, onde podemos inseri-lo a ponto de serem protagonistas de sua própria historia”.

Depoimentos 

A cidade de Luziânia de fato sofre com carência de atrações culturais, a juventude não tem muita oportunidades de acessar, pois Brasília se localiza a mais de 50 km e nossos pais não possuem tempo e dinheiro para nos levar afirma a jovem Luiza, que aproveita para parabenizar os organizadores do evento e reforça que aconteça mais iniciativas para inseri os jovens.

Deste modo, concluímos que são ações nesta perspectiva que inclui  a juventude, faz pensar a ponto de despertar o interesse em seguir caminhos menos difíceis de percorrer, carece de fato que os seguimentos juvenis passe a ter um olhar diferenciado, e que se construam políticas públicas capazes de proporcionar aos jovens acesso a cultura, emprego e educação de qualidade.

Por João Almir

Diretor

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *